quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Fashion style through history: Louise Brooks

Inaugurando outra seção do nosso blog está o Fashion style through history, ou seja, vamos conhecer um pouco dos estilos de pessoas que fizeram parte, de alguma forma, do imaginário social através da história. Eu começo com uma atriz que ficou famosa em filmes mudos dos anos 20: Louise Brooks (1906-1985). Ela inaugurou uma era em que todas as meninas só queriam saber de copiar seu corte de cabelo, que persiste até hoje nas cabeças das mulheres...


Alguma semelhança com as moças abaixo?

Esta é Anna Wintour, a famosa e temível editora chefe da revista Vogue, a americana.

Atriz Suzana Pires, da novela Fina Estampa da Globo - vou deixar pra vocês decidirem: esse corte de cabelo ficou bem nela??? Dúvida cruel...


Para quem não conhece ou nunca ouviu falar de Louise Brooks: ela nasceu no estado americano do Kansas e aos 15 anos abandonou tudo para se unir a uma companhia de dança moderna em New York; depois de alguns anos de bem sucedida carreira, ela volta aos EUA para trabalhar como dançarina na famosa companhia Zigfeld Follies, que servirá de trampolim para que Brooks entre na indústria cinematográfica e mude-se para Hollywood em 1927. Logo ela assina contrato por 5 anos com os estúdios Paramount e faz muitos filmes de sucesso, inclusive sendo convidada para atuar em produções européias, como o famoso filme alemão A caixa de Pandora (Pandora's box, 1928), pelo qual é mais lembrada:


No filme Just another blonde (1926), contracenando com a atriz Dorothy Mackaill:


Essa roupa de canário que Louise usou no filme The canary murder case (1929) também é famosa; a fantasia continha um rabo destacável para que ela pudesse sentar quando precisasse:


E no filme Now we're in the air (1927):


A carreira de Louise Brooks entra em declínio em parte por seu difícil relacionamento com os produtores de Hollywood, em parte pela transição do cinema mudo para o falado, muito embora ela nem tivesse voz ruim; o fato é que sua carreira no cinema acaba por completo no fim da década de 30. Ela morre em 1985 depois de muito sofrer de artrite, mas não sem antes publicar uma semi-autobiografia, o livro Lulu em Hollywood:

Lulu In Hollywood: Expanded Edition

Nenhum comentário:

Postar um comentário